Termina na próxima segunda-feira (31) o prazo para sacar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Segundo as informações divulgadas pela Caixa Econômica Federal, cerca de 36 milhões de trabalhadores têm direito ao saque de 998 do Fundo.

Ainda segundo a Caixa, até esta terça-feira (24), o banco realizou o pagamento de mais de 28 bilhões de reais do Saque Imediato do FGTS para cerca de 60 milhões de trabalhadores. A nova rodada do saque devido à pandemia de coronavírus ainda não foi anunciada pelo governo.

Os clientes da Caixa com conta no FGTS tiveram o valor depositado automaticamente na conta corrente ou poupança. Vale lembrar que o saque imediato não altera o direito de sacar todo o saldo da conta do FGTS caso o trabalhador tenha sido demitido sem justa causa ou nas demais hipóteses previstas em lei. Além disso, o trabalhador que realizar o saque não adere automaticamente ao Saque-Aniversário.

Como sacar

Devido a pandemia de coronavírus, a orientação é que os interessados em resgatar o dinheiro façam isso pelo aplicativo FGTS da Caixa.

A Caixa destaca que o valor sacado pode ser transferido para uma conta bancária da titularidade do trabalhar de qualquer instituição financeira, sem nenhum custo para o mesmo.

Funcionamento do banco

A partir desta terça-feira (24), as agências das Caixa funcionam das 10h às 14h, e o atendimento está restrito apenas aos casos que não podem ser tratados pelo atendimento telefônico ( 0800-724-2019) ou pelos aplicativos do banco para celular e demais serviços digitais. Além disso, a instituição financeira informou que manterá a abertura antecipada em uma hora de 1.619 agências, exclusivamente para os atendimentos de clientes de grupo de risco.

Saque imediato

Com início em setembro do ano passado, o programa de saque imediato do FGTS previa o saque de até R$ 500 reais por conta do fundo, mas o limite subiu para 998 com a sanção da lei de conversão de medida provisória nº 13.932/2019, no final de 2019.

Vale salientar que o limite só subiu para quem tinha saldo de até 998 reais (valor do salário mínimo, na época) em 24 de julho deste ano. Aqueles que têm saldo acima desse valor na conta do FGTS só poderá retirar os 500 originalmente previstos.

Você pode gostar

Mais em FGTS

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *