Revisão no Cadastro Único: o que fazer para não perder seu Auxílio Brasil

O procedimento é uma exigência do governo para manter o pagamento do benefício

Revisão no Cadastro Único: o que fazer para não perder seu Auxílio Brasil. De acordo com o Ministério da Cidadania, cerca de oito milhões de famílias deverão atualizar as informações no Cadastro Único (CadÚnico).

São os beneficiários de programas sociais — como o programa Auxílio Brasil (PAB), a Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) e o Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas). A atualização é uma exigência do governo para manter o pagamento do benefício.

As famílias beneficiárias do Auxílio Brasil ou da Tarifa Social com dados inconsistentes e que foram incluídas na revisão cadastral têm até julho para atualizar os dados e evitar o cancelamento do benefício.

O governo criou um cronograma para o processo de revisão cadastral. Neste ano, apenas as famílias com cadastros que foram atualizados pela última vez em 2016 ou 2017 serão convocadas para atualizar os dados no Cadastro Único. As famílias que atualizaram seus dados pela última vez em 2018 ou 2019 serão convocadas nos próximos anos.

Revisão no Cadastro Único: o que fazer para não perder seu Auxílio Brasil

Caso não tenha ocorrido nenhuma alteração nas informações prestadas na última entrevista, a família poderá fazer a atualização dos dados por confirmação pelo aplicativo do Cadastro Único.

Porém, se for preciso alterar alguma informação, é necessário comparecer a um posto de cadastramento —Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) — para uma nova entrevista de atualização cadastral.

O usuário poderá verificar se seus dados cadastrais estão atualizados ou não pelo aplicativo do Cadastro Único ou na versão web através do endereço cadunico.cidadania.gov.br;

Para atualização, é necessário estar logado no Gov.BR. Dentro do aplicativo ou na versão web é exibida a opção de Atualização Cadastral por Confirmação.

A opção só será apresentada para usuários com perfil de Responsável Familiar que já possuam o cadastro familiar concluído. Por meio do Aplicativo do Cadastro Único ou pelo acesso web no site do Ministério da Cidadania.

A cada dois anos é necessário que o cadastro seja atualizado mesmo que nos casos em que os dados da família permanecem os mesmos. É para essas situações que foi disponibilizada a opção de Atualização Cadastral por Confirmação, através do site ou aplicativo.

Como Passo a passo

1. Confirmar dados do bloco “Endereço da Família”

A funcionalidade de Atualização Cadastral por Confirmação exibe os blocos de Endereço da Família e Composição Familiar. O usuário deverá revisar cada um dos blocos e verificar se as informações contidas permanecem inalteradas. Sugerimos que se inicie pelo bloco “Endereço da Família”.

2. Confirmar dados do bloco “Composição Familiar”

Após a confirmação do bloco de endereço, o usuário passará ao bloco de “Composição Familiar”, onde será questionado se houve a inclusão ou exclusão de integrantes na família.

Caso não haja alterações, o usuário passará a revisar os dados pessoais de cada um dos membros da família, iniciando pelo Responsável Familiar. Ao final de cada tela, o usuário deverá confirmar se os dados continuam os mesmos ou não.

3. Confirmar dados do Cadastro Único

Tendo confirmado que todas as informações permanecem inalteradas, o aplicativo exibirá os blocos de “Endereço da Família” e “Composição Familiar” e solicitará que o usuário selecione a opção que atesta a veracidade dos dados informados.

O botão “Confirmar dados do Cadastro Único” só será habilitado quando todos os blocos forem confirmados e a caixa de seleção de veracidade de dados for marcada.

Notícias em destaque
Deixe o seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação