IBGE vai realizar concursos com mais de 209 mil vagas em todo o país

Ao todo serão 209.024 vagas, divididas em três editais que ainda serão publicados

IBGE vai realizar concursos com mais de 209 mil vagas em todo o país
IBGE vai realizar concursos com mais de 209 mil vagas em todo o país – Foto: IBGE

IBGE vai realizar concursos com mais de 209 mil vagas em todo o país. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vai contratar mais de 207 mil candidatos para o Censo Demográfico 2022. As portarias de autorização para a realização do concurso foram publicadas no Diário Oficial da União de sexta-feira (03/12) pela Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital..

Ao todo serão 209.024 vagas, divididas em três editais que ainda serão publicados, de acordo com a instituição. Haverá vagas em todos os municípios do país. O certame organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) vai selecionar 5.500 Agentes Censitários Municipais (ACM) temporários; 183.100 Recenseadores e 18.420 Agentes Censitários Supervisores (ACS).

Na seleção feita pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), serão contratados 1.781 Agentes Censitários de Administração e Informática (ACAI) e 31 Coordenadores Censitários de Área (CCA). Já as provas aplicadas pelo Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan) vão convocar 180 Agentes Censitários de Pesquisa por Telefone (ACT) e 12 Supervisores censitários de pesquisas e codificação.

>Caged: Brasil criou 253 mil vagas de emprego em outubro

Os detalhes e datas das provas e os valores das taxas de inscrição ainda não foram divulgados. Tudo será publicado no edital, que ainda nao tem data confirmada para vir à público. As informações serão divculgadas nos canais oficiais do IBGE, como o site do instituto. No concurso anterior, que foi cancelado, os valores foram de R$ 25,77 para recenseador e de R$ 39,49 para ACM e ACS.

Mesmo quem se inscreveu no concurso anterior, precisa realizar nova inscrição e pagar a taxa. O Censo Demográfico visitará os mais de 70 milhões de domicílios brasileiros, em todas as cidades do país, a partir de junho do próximo ano.

Devolução da taxa de inscrição

Também começou nesta sexta-feira (03/12) a devolução da taxa de inscrição aos 583.606 candidatos do processo seletivo simplificado (PSS) do Censo 2021, cancelado em outubro. Neste certame, eram oferecidas mais de 204 mil vagas. O pedido de reembolso deve ser feito pela página do instituto.

O valor será depositado na conta corrente cadastratada no nome e no CPF do próprio candidato em até 40 dias após a solicitação. Para receber o dinheiro de volta, o interessado deve estar com o CPF reguilar junto à Receita Federal. A conta bancária precisa ser, necessariamente, corrente, não valendo poupanças, conta-salário, conjunta ou em nome de terceiros.

>Candidate-se no programa de estágio da SuperVia: últimos dias de inscrição

Os pedidos também podem ser feitos pelos candidatos do processo seletivo do Censo 2020, que começaram a receber a devolução em maio do ano passado. Nesses casos, os valores foram de R$ 35,80 para nível médio e de R$ 23,61 para fundamental.

O processo seletivo do ano passado foi cancelado devido à pandemia. No início do ano, novas inscrições foram abertas, mas foram suspensas em abril. O motivo foi a indefinição sobre os recursos que seriam investidos no Censo. Quem tiver alguma dúvida pode entrar em contato com a Central de Atendimento do IBGE, pelo telefone 0800 721 8181 ou e-mail [email protected], de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e sábados, domingos e feriados, das 10h às 14h.

Passo a passo para receber o dinheiro de volta

  1. Acesse o site do IBGE;
  2. Informe o CPF e os quatro últimos dígitos do número de celular ou o e-mail cadastrados no ato na inscrição;
  3. Preencha os dados da conta corrente de que é titular (banco, números da agência e da conta).
  4. Anote o protocolo que será gerado para acompanhar a solicitação

>Descubra algumas empresas com vagas de emprego, estágio e trainee

Fonte: Extra